Polícia Militar de Minas Gerais (PMMG) tem fiscalizado e impedido aglomerações e festas clandestinas em todo o estado, desde a entrada de todas as macrorregiões mineiras na onda roxa do Plano Minas Consciente. A corporação também presta apoio a iniciativas municipais que buscam assegurar o cumprimento das medidas de isolamento social, necessárias para conter a disseminação de covid-19 neste momento de intensificação da pandemia. 

Durante o período em que a onda roxa está em vigor, por determinação do Comitê Extraordinário Covid-19, o Governo de Minas ampliou as vistorias em estabelecimentos comerciais e locais públicos, além de aumentar o efetivo de militares envolvidos nessas fiscalizações, como explica a capitão Layla Brunella, porta-voz da PMMG.

Publicidade

“A abordagem, que se inicia com um papel educativo e de conscientização, pode, sim, levar à condução daquelas pessoas que persistirem no descumprimento dos decretos estaduais e municipais”, reforça a capitão.

Araçuaí

Sete pessoas foram presas em Araçuaí, no Vale do Jequitinhonha, na última sexta-feira (19/3), por estarem fazendo uma festa em frente à Secretaria de Saúde do município, com som alto e bebidas. Segundo a polícia, o grupo não usava máscara e descumpriu as medidas de distanciamento social.

Uberlândia

Em Uberlândia, na região do Triângulo Mineiro, a Polícia Militar realizou uma operação no entorno da Represa de Miranda para prevenir e repreender festas e outros eventos no local. Na fiscalização foram usados patrulhamentos aquático, aéreo e terrestre. 

Uma embarcação que estava sendo conduzida por um menor de idade foi apreendida. Outros dois barcos foram notificados por apresentarem irregularidades na documentação. Além disso, a ação também gerou 14 notificações de trânsito e a remoção de três veículos.

Divinópolis e Carmo do Cajuru

No sábado (20/3), os militares também participaram de uma operação conjunta com as prefeituras de municípios do Centro-Oeste mineiro. O patrulhamento preventivo ocorreu nas proximidades do Lago das Roseiras, em Divinópolis, e nos locais conhecidos como Paredão, Retiro do Lago e Barragem do Gafanhoto, em Carmo do Cajuru. 

Durante a fiscalização, uma pessoa que estava com mandado de prisão em aberto foi detida. A PMMG e os órgãos municipais também autuaram motoristas e removeram veículos por infrações de trânsito. 

RMBH

Dezesseis estabelecimentos comerciais foram vistoriados na operação “Pacto pela Vida”, feita em parceria pela Polícia Militar e pelo município de Contagem, na Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH). A fiscalização orientou os funcionários e notificou dois empreendimentos. 

Já em Justinópolis, distrito de Ribeirão das Neves, na Grande BH, um bar que estava aberto e recebendo clientes teve atendimento interditado por militares, após denúncia anônima.

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.