O presidente nacional da ABRACAM – A Associação Brasileira de Câmaras Municipais alerta a TODOS OS VEREADORES DO BRASIL sobre um assunto de EXTREMA URGÊNCIA que se encontra na Câmara dos Deputados para votação HOJE – QUARTA-FEIRA – Trata-se da PEC 186 – que foi votada no Senado da República – A PEC Emergencial – que prevê o retorno do pagamento do auxílio emergencial e concede o ajuda às pessoas que estão em dificuldades financeiras, acarretadas pela Pandemia do Coronavírus.

A GRAVIDADE é que ela traz um dispositivo que modifica o artigo 29-A da Constituição Federal que trata do limite de despesas das Câmaras Municipais. O dispositivo inclui os inativos e pensionistas no limite de despesas. Com isso, vai INVIABILIZAR o FUNCIONAMENTO DE TODAS AS CÂMARAS MUNICIPAIS DO BRASIL, uma vez que a principal despesa de uma Câmara Municipal é com pessoal e temos um teto de limite que é 70% (setenta por cento) da receita.

Publicidade

Como esse assunto NÃO tem nada a ver com o objetivo da PEC 186 e pode inviabilizar o funcionamento da Câmaras Municipais, é de FUNDAMENTAL IMPORTÂNCIA o chamamento a todos os vereadores para que entrem em contato com o seu deputado federal e peçam o apoio do seu parlamentar para RETIRAR da PEC 186 essa mudança.

O assunto é de extrema relevância e exige uma discussão futura mais ampla, em que devem ser ouvidas, todas as Câmaras Municipais do Brasil.
Diante de tal situação, clamo a todos os vereadores e vereadoras a entrar em contato com o seu DEPUTADO FEDERAL IMEDIATAMENTE, dado a urgência e gravidade do assunto.
Conto com todos os vereadores e vereadoras do Brasil.

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.