Motoristas que trafegam pela BR-494 entre Divinópolis e o trevo de Cláudio reclamam da precariedade do trecho por conta dos buracos na pista. Além do risco de acidentes na tentativa de desviar, motoristas relatam problemas mecânicos e nos pneus dos veículos.

Relatos e motoristas que trafegam na rodovia, mostra bem a precariedade da mesma:

Publicidade

“Eu sei como está a rodovia e sempre vou bem devagar e atento aos trechos mais precários. Sempre encontro carros no acostamento que tiveram problemas por conta dos buracos. Os motoristas que não conhecem correm muito nessa rodovia, porque ela tem poucas curvas e acabam sendo surpreendidos com os buracos”, Evandro Ribeiro Júnior.

Evandro teme os períodos de chuva que aumentam a precariedade da rodovia e aumentam os riscos de acidente.

“Vi um carro quase capotar com dois pneus estourados na rodovia, chegando em Marilândia. Alguns buracos na via cabem quase uma moto. Como estou no trecho todos os dias virou algo comum ver carros parados trocando seus pneus, principalmente no início da noite. Não vai demorar acontecer uma tragédia. Ligamos na ouvidoria do Dnit e nada se resolve”, Lucas Lamounier.

A equipe do O G1 entrou em contato com o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) para saber se há uma previsão para manutenção do trecho, mas não obteve retorno até a última atualização da reportagem.

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.