No último sábado, 21, o cabo Eudes dos Santos Faria, de 37 anos, do 62º Batalhão de Polícia Militar de Caratinga foi baleado durante o atendimento de uma denúncia de porte de arma de fogo na rua Manoel Lino Santana, no bairro Santo Antônio, o cabo foi surpreendido pelo autor Marcus Vinicius Gomes da Costa, de 24.

Quando os policiais chegaram no local onde o homem estava, foram surpreendidos com um disparo de arma de fogo. Os policiais revidaram ao ataque atiraram contra o autor, que foi atingido. “Morróia”, como era conhecido, foi socorrido, porém já deu entrada no hospital sem vida. O disparo efetuado por “Morróia” atingiu o policial cabo Eudes dos Santos Faria na região da boca, e ele precisou ser transferido às pressas de avião para Belo Horizonte, onde receberá tratamento.

Publicidade

De acordo com a assessoria do 62ºBPM, o cabo não corre risco de vida. Ainda de acordo com as informações da polícia, Marcus Vinicius estaria com mandado de prisão em aberto e tinha passagens por assalto à mão armada na região de Caratinga e Manhuaçu. A arma de fogo utilizada por ele foi retirada do local pelo irmão do autor, que conseguiu fugir. Os oficiais seguem em buscas na cidade.

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.