O Brasil está vivendo a fase mais difícil da pandemia, o número de pessoas infectadas aumenta a cada dia e o número de pessoas perdendo a vida para a covid19 é assustador.

Mesmo com todo esse quadro, o governo do Estado de Minas, que estva na onda Roxa, decidiu suspender de forma definitiva o toque de recolher, instituído dias atrás. Festas em família, proibidas durante a ‘onda roxa’, também foi excluída de forma definitiva.

Publicidade

A macrorregião Triângulo do Sul, com 27 cidades, vai avançar para a ‘onda vermelha’ a partir de segunda-feira (12), assim como as microrregiões de São Gotardo, Montes Claros/Bocaiúva e Taiobeiras. A medida permite a realização de eventos com até 30 pessoas e a abertura do comércio não essencial e de atrações culturais e naturais.

As demais regiões do Estado permanecem na ‘onda roxa’ por, pelo menos, mais uma semana.

Nas redes sociais, o Governador Romeu Zema (Novo) divulgou os dados da rede de Saúde estadual. Existem 3.950 pessoas internadas em leitos intensivos, e a ocupação das UTIs está em 86,17%. A ocupação das enfermarias está em 75,88%.

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.